1 Samuel Capítulo 30

  1     2   3    4     5    6    7     8    9  10   11   12  13   14  15 

16  17   18  19  20  21  22  23  24  25  26  27  28  29  30

31

1 Samuel Capítulo 30 - (1 Sm)

  1. Quando ao terceiro dia chegou Davi com seus homens a Ziclague, os amalequitas tinham feito uma invasão no Neguebe e em Ziclague, e tinham ferido a Ziclague e a tinham queimado a fogo:
  2. tinham levado cativas as mulheres, e todos os que ali se achavam, tanto pequenos como grandes; não mataram a ninguém, porém os levaram consigo, e foram seu caminho.
  3. Quando Davi e seus homens chegaram à cidade, eis que estava queimada a fogo, e suas mulheres, e seus filhos e filhas levados cativos.
  4. Davi e o povo que se achava com ele, levantaram a sua voz e choraram, até não terem mais forças para chorar.
  5. Foram também levadas cativas as duas mulheres de Davi, Ainoã a jezreelita, e Abigail que fora mulher de Nabal o carmelita.
  6. Davi estava muito angustiado; pois o povo, tendo a alma amargurada por causa de seus filhos e de suas filhas falava em apedrejá-lo. Porém ele se confortou em Jeová seu Deus.
  7. Disse Davi ao sacerdote Abiatar, filho de Aimeleque: Traze-me cá o efode. Abiatar trouxe o efode a Davi.
  8. Davi consultou a Jeová, dizendo: Perseguirei eu a esta tropa? alcançá-la-ei? Respondeu-lhe Jeová: Persegue-a, pois sem falta a alcançarás e tudo libertarás.
  9. Partiu Davi, com os seiscentos homens que com ele se achavam, e foram à torrente de Besor, onde os retardatários ficaram.
  10. Porém perseguiu Davi com quatrocentos homens; porque ficaram atrás duzentos que de cansados não puderam passar a torrente de Besor.
  11. Achando no campo a um egípcio, trouxeram-no a Davi. Fizeram-lhe comer pão e beber água;
  12. deram-lhe também um pedaço de pasta de figos secos e dois cachos de passas. Depois de os ter comido, recobrou alento, pois havia três dias e três noites que não tinha comido pão, nem bebido água.
  13. Então lhe perguntou Davi: De quem és tu? donde vens? Respondeu ele: Eu sou um moço egípcio, servo dum amalequita; o meu senhor me abandonou, porque adoeci há três dias.
  14. Nós fizemos uma correria para o Neguebe dos quereteus, para o de Judá, e para o de Calebe, e pusemos fogo a Ziclague.
  15. Disse-lhe Davi: Poderás descer e guiar-me a essa tropa? Ele respondeu: Jura-me tu por Deus que não me hás de matar, e que me não hás de entregar nas mãos do meu senhor, e descerei e guiar-te-ei a essa tropa.
  16. Desceu e o guiou. Eis que eles estavam espalhados sobre a face de toda a terra, comendo, bebendo e dançando, por causa de todo o grande despojo que haviam tomado da terra dos filisteus e da terra de Judá.
  17. Feriu-os Davi desde o crepúsculo até a tarde do dia seguinte, e nenhum deles escapou senão quatrocentos mancebos que, montados nos camelos, fugiram.
  18. Recobrou Davi tudo o que os amalequitas tinham tomado, e livrou as suas duas mulheres.
  19. Não lhes faltou coisa alguma, nem pequena nem grande, nem filhos, nem filhas, nem despojo, nem qualquer coisa que eles tinham tomado para si: Davi tornou a trazer tudo.
  20. Davi tomou todos os rebanhos e manadas; aqueles que os fizeram caminhar diante do outro gado, diziam: Este é o despojo de Davi.
  21. Chegou Davi aos duzentos homens, que de cansados não puderam segui-lo, os quais também foram obrigados a ficar à torrente de Besor. Estes saíram ao encontro de Davi e dos que vinham com ele. Davi, aproximando-se deles, saudou-os.
  22. Então todos os malvados e filhos de Belial, dentre os que foram com Davi, disseram: Visto que não foram conosco, nada lhes daremos do despojo que recobramos, senão que a cada um daremos suas mulheres e seus filhos, para que os levem e se retirem.
  23. Disse Davi: Não fareis assim, meus irmãos, com o que nos deu Jeová que nos conservou e entregou em nossas mãos a tropa que vinha contra nós.
  24. Quem vos ouvirá neste negócio? pois qual é a porção do que desce para a batalha, tal será a porção do que fica com a bagagem: receberão partes iguais.
  25. Daquele dia em diante até hoje foi estabelecido por estatuto e preceito em Israel.
  26. Chegando Davi a Ziclague, enviou dos despojos aos anciãos de Judá, seus amigos, dizendo: Eis um presente para vós dos despojos dos inimigos de Jeová.
  27. Dos despojos enviou aos de Betel, aos de Ramote do Neguebe e aos de Jatir;
  28. de Aroer, aos de Sifmote e aos de Estemoa;
  29. aos de Racal aos das cidades dos jerameelitas e aos das cidades dos quenitas;
  30. aos de Hormá, aos de Corasã e aos de Atace;
  31. aos de Hebrom e a todos os lugares que Davi e seus homens costumavam freqüentar.

<<Anterior  <<                                                                                                                   >>  Próximo >>

Publicidade



Biblia Online 1 Samuel Capítulo 30
1 Samuel Capítulo 30

Características de:

1 Samuel Capítulo 30

  • 1 Samuel: em Hebraico significa:"Foi Chamado Pelo Senhor". O lugar para a oração e o seu poder em todas as experiências da vida.
  • Escrito por: Desconhecido, mas grande parte deste livro pode ter sido escrito pelo próprio Samuel durante o período de sua redenção até aproximadamente 930 a.C.
  • Personagens: Samuel e Eli, Samuel e Saul, Samuel e Davi.
  • Local do Acontecimentos: Siló, Gilgal, Ramá, Belém, Gate, Adulã, Hebrom, o deserto de Judá, Ziclague, Endor e Bete-sã.
  • Pontos Principais: 1 Samuel foi escrito para demonstrar a transição de um momento especial na história de Israel, onde termina o período dos Juízes e da inicio  ao dos Reis.
  • Curiosidade: Em 1 Samuel capítulo 1 temos o nascimento de Samuel,  este mesmo Samuel é usado por Deus como profeta para levar o povo israelita de volta para Deus. Samuel ungi Davi para ser rei , enquanto Saul ainda era o atual rei. 

Em breve mais informações de 1 Samuel capítulo 30:

Publicidade