2 Reis Capítulo 17

  1     2   3    4     5    6    7        9  10   11   12  13   14  15 

16  17   18  19  20  21  22  23  24  25

2 Reis Capítulo 17 - (2 Rs)

  1. No ano duodécimo de Acaz, rei de Judá, começou Oséias, filho de Elá, a reinar em Samaria, e reinou nove anos.
  2. Fez o mal à vista de Jeová, contudo não como os reis de Israel que foram antes dele.
  3. ele veio Salmaneser, rei da Assíria; Oséias ficou sendo seu servo, e pagava-lhe tributos.
  4. rei da Assíria achou Oséias em conspiração; porque ele tinha enviado mensageiros a So, rei do Egito, e não tinha entrado com o tributo, como fizera de ano em ano: portanto o rei da Assíria o encerrou e o pôs em grilhões numa prisão.
  5. o rei da Assíria passou por toda a terra, subiu a Samaria e a sitiou três anos.
  6. ano nono de Oséias, tomou o rei da Assíria a Samaria e levou Israel cativo para a Assíria, e pô-los em Hala, junto a Habor, rio de Gozã, e nas cidades dos medos.
  7. Assim sucedeu, porque os filhos de Israel tinham pecado contra Jeová seu Deus que os tirou da terra do Egito, de debaixo da mão de Faraó, rei do Egito, e haviam temido a outros deuses,
  8. e andando nos estatutos das nações que Jeová expulsou de diante dos filhos de Israel e nos que os reis de Israel estabeleceram.
  9. Os filhos de Israel fizeram secretamente contra Jeová seu Deus o que não era reto, e edificaram para si altos em todas as cidades, desde a torre das atalaias até a cidade fortificada.
  10. Levantaram para si colunas e aserins sobre todos os outeiros altos e debaixo de todas as árvores frondosas;
  11. ali queimavam incenso em todos os altos, como fizeram as nações que Jeová expulsou de diante deles: cometeram ações iníquas para provocarem Jeová à ira,
  12. e serviram a ídolos, de que Jeová lhes dissera: Não fareis isso.
  13. Todavia Jeová deu testemunho a Israel e a Judá pelo ministério de todos os profetas e de todos os videntes, dizendo: Voltai dos vossos maus caminhos, e guardai os meus mandamentos e os meus estatutos, conforme a lei toda que prescrevi a vossos pais e que vos enviei por meio dos profetas meus servos.
  14. Porém não o quiseram ouvir, mas endureceram a sua cerviz, como a de seus pais, que não creram em Jeová seu Deus.
  15. Rejeitaram os estatutos e a aliança que fez com seus pais, e os testemunhos que lhes deu; seguiram a vaidade e tornaram-se vãos, e seguiram as nações que estavam ao redor deles, a respeito das quais Jeová lhes ordenara que não fizessem como elas fizeram.
  16. Abandonaram todos os mandamentos de Jeová seu Deus, e fizeram para si imagens fundidas de dois bezerros, e fabricaram uma Asera, e adoraram todo o exército do ceú, e serviram a Baal.
  17. Também fizeram a seus filhos, e suas filhas passar pelo fogo, e deram-se a adivinhações e encantamentos, e venderam-se para fazer o mal à vista de Jeová, provocando-o à ira.
  18. Portanto Jeová muito se irou contra Israel, e os tirou de diante da sua face; e não ficou senão somente a tribo de Judá.
  19. Também Judá não guardou os mandamentos de Jeová seu Deus, mas andou nos estatutos que Israel fez.
  20. Jeová rejeitou toda a linhagem de Israel, e os afligiu, e os entregou nas mãos dos despojadores, até os ter lançado fora da sua presença.
  21. Pois ele rasgara Israel da casa de Davi; e eles fizeram rei a Jeroboão, filho de Nebate: Jeroboão apartou a Israel de Jeová, e fê-lo cometer um grande pecado.
  22. Os filhos de Israel andaram em todos os pecados que Jeroboão cometeu (não se apartaram deles),
  23. que Jeová removeu a Israel de diante da sua face, como falou por meio de todos os profetas seus servos. Assim foi Israel transferido da sua terra para a Assíria até o dia de hoje.
  24. O rei da Assíria trouxe gente de Babilônia, e de Cuta, e de Ava, e de Hamate, e de Sefarvaim, e pô-la nas cidades de Samaria em lugar dos filhos de Israel; eles possuíram a Samaria e habitaram nas suas cidades.
  25. Quando começaram a habitar ali, não temiam a Jeová; portanto Jeová enviou entre eles leões que os matavam.
  26. que disseram ao rei da Assíria: As nações que transferiste e puseste nas cidades de Samaria, não sabem a maneira de servir ao deus da terra; por isso tem enviado entre eles leões, que os matam, porquanto não sabem a maneira de servir ao deus da terra.
  27. o rei da Assíria deu ordens, dizendo: Levai para lá um dos sacerdotes, que vós de lá trouxestes (que eles vão e habitem ali); e que ele lhes ensine a maneira de servir ao deus da terra.
  28. Veio um dos sacerdotes que eles tinham transferido de Samaria e habitou em Betel, e lhes ensinava como deviam temer a Jeová.
  29. Todavia cada nação fez para si os seus deuses nas cidades que habitava, e puseram-nos nas casas dos altos que os samaritanos tinham feito.
  30. Os de Babilônia fizeram a Sucote-Benote, e os de Cute fizeram a Nergal, e os de Hamate fizeram Asima,
  31. e os avitas fizeram a Nibaz e a Tartaque, e os sefarvitas queimavam seus filhos no fogo a Adrameleque, e a Anameleque, deuses de Sefarvaim.
  32. Assim temiam a Jeová, e dentre si fizeram sacerdotes dos altos, os quais sacrificavam por eles nas casas dos altos.
  33. Eles temiam a Jeová, e serviam aos seus deuses, segundo o costume das nações do meio das quais tinham sido transferidos.
  34. Até o dia de hoje seguem os antigos costumes: não temem a Jeová nem fazem segundo os seus próprios estatutos e ordenanças, ou segundo a lei e mandamento que Jeová deu aos filhos de Jacó, a quem chamou Israel;
  35. com os quais Jeová fizera aliança, e lhes tinha mandado, dizendo: Não temereis a outros deuses, nem vos prostrareis diante deles, nem os servireis, nem lhes oferecereis sacrifícios:
  36. mas sim a Jeová, que vos tirou da terra do Egito com grande poder e com braço estendido, a ele temereis, e diante dele vos prostrareis, e a ele oferecereis sacrifícios.
  37. Os estatutos e as ordenanças e a lei e o mandamento que vos deu por escrito, a esses tereis cuidado de os observar para sempre; não temereis a outros deuses.
  38. Não vos esquecereis da aliança que fiz convosco, nem temereis a outros deuses;
  39. mas temereis a Jeová vosso Deus, e ele vos livrará das mãos de todos os vossos inimigos.
  40. Contudo eles não deram ouvidos, mas procederam segundo o seu antigo costume.
  41. Assim estas nações temiam a Jeová, e serviam as suas imagens de escultura: como fizeram seus pais, assim fazem também seus filhos, e os filhos de seus filhos, até o dia de hoje.

<<Anterior  <<                                                                                                                   >>  Próximo >>

Publicidade



Biblia Online 2 Reis Capítulo 17
2 Reis Capítulo 17

Características de:

2 Reis Capítulo 17

  • 2 Reis : O cumprimento da Palavra de Deus é fiel e segura com relação ao santo e ao pecador.
  • Escrito por: Desconhecido, mas temos Jeremias com um possível autor deste livro, assim como alguém que viveu durante o exílio babilônico. 2 Reis foi escrito no período aproximado entre 560 - 540 a.C.
  • Personagens: Senaqueribe, Isaías, Manassés, Josias e Nabucodonosor, Elias e Eliseu.
  • Local do Acontecimentos: Reinos  divididos de Israel e Judá, exílio babilônico.
  • Pontos Principais: 1 Reis e 2 Reis tem por objetivo registrar na história bíblica a divisão e o fim dos reinos do norte (reino unido de Israel) e os reinos de Israel e Judá (reino davídico e Jerusalém).
  • Curiosidade: Mesmo o povo de Deus ter durante o período dos reinos até o exílio babilônico a presença de profetas como Elias, Eliseu e Isaías, além de bons reis como Ezequias e Josias, não foi o suficiente para livrar este povo da destruição espiritual, esta que também foi disseminada através de alguns reis pagãos.
  • O profeta Elias é também conhecido como o profeta do fogo.

Em breve mais informações de 2 Reis capítulo 17:

Publicidade