A Bíblia é a infalível palavra de Deus – O Pregador

A Bíblia é a infalível palavra de Deus

Biblia Online A Bíblia é a infalível palavra de Deus - O Pregador  Texto : II Timóteo 3:14-17; Isaías 5:10-11

Introdução: A Palavra de Deus é infalível. A sua infalibilidade tem sido alvo de contradição da parte dos racionalistas que defendem a ideia da inspiração parcial da Bíblia e negam a sua inspiração plena.

Entretanto, neste estudo, vamos estudar alguns argumentos que provam a infalibilidade da Palavra de Deus.

I. A origem sobrenatural da bíblia

Vamos analisar a sua origem sobrenatural. Em 2 Timóteo 3.16 o apóstolo Paulo declara: “Toda Escritura divinamente inspirada é proveitosa…”.

Para entendermos a origem sobrenatural da Bíblia, devemos considerar três aspectos dessa origem que fortalecem a infalibilidade da Palavra de Deus. São elas: Revelação, Inspiração e Autoridade da Bíblia.
Há uma relação entre Revelação, Inspiração e Autoridade que toma a Bíblia um Livro singular, o Livro dos livros. A Bíblia não teria autoridade senão pela revelação e inspiração divinas.
1. A revelação divina na Bíblia. A palavra revelação significa “tornar conhecido, mostrar”. No latim o termo revelare significa “por para trás o véu para que se veja” . Segundo Thayer, o significado bíblico de revelação é: descobrir, despir. Significa “tomar a verdade conhecida”. Jesus declarou que “Deus é Espírito” (João 4:24); por isso entendemos que é impossível ao homem, por seus próprios meios, conhecer a Deus, visto que Ele é imperceptível aos sentidos naturais. Pode o homem finito conhecer o infinito, o mortal conhecer o imortal, o limitado conhecer o ilimitado, sem que haja uma revelação? Não! Precisamos da revelação de Deus. E Ele se revela aos homens. Só Ele, o próprio Deus, pode tomar a ini­ciativa de se revelar a Si mesmo através de manifestações capazes de alcançar a percepção humana. Vejamos três modos pelos quais Dois tem se revelado ao homem:
a. A revelação natural. É feita me­diante o fato da Criação. É impossível ne­gar a existência de Deus diante da beleza da Criação (SI 19.1-6). Porém, essa revela­ção toma-se insuficiente por causa da in­credulidade do homem. Daí a necessidade de uma revelação mais objetiva. Em At 14.17, temos a prova que Ele deu essa revelação de Si mesmo através de um modo mais explícito, a escrita.
b. A revelação escrita. A Bíblia é a revelação escrita de Deus ao homem. Toda a Sua vontade está expressa na Bíblia, a Sua Palavra. A revelação estrita não anulou a revelação natural de Deus, mas a tornou ainda mais viva e real, propiciando ao homem uma revelação pessoal, como o Deus Todo-Pode- roso.
c. A revelação pessoal (João 5.39; Lucas 24.25-27; Mateus 5.17,18; João 1.18). A revelação escrita seria incompleta, se a profecia, que trata da Revelação Pessoal de Deus, não tivesse tido o seu cum­primento. Todas as profecias do Antigo Testamento anunciavam uma revelação pessoal de Deus, a qual foi feita através de Jesus Cristo.
2. A inspiração da Bíblia. É preciso não confundir revelação com Inspiração. A revelação é o ato divino pelo qual Deus se torna conhecido pelos homens. A inspiração diz respeito ao modo como os homens receberam a revelação e a transmitiram. No grego, a palavra inspiração é THEOPNEUSTOS, que significa sopro, ou o que é soprado ou inspirado por Deus. É com este sentido que Paulo declara: “Toda a Escritura divinamente inspirada…” (2 Timóteo 3.16). Entendemos que o Espírito Santo inspirou os escritores, capacitando-os a registrarem de modo correto a revelação recebida de Deus. De fato, inspiração refere-se ao ato de receber e transmitir, relatando com suas próprias palavras, a verdade de Deus.

Continue Lendo Este Maravilhoso Esboço Sobre a Bíblia, Acesse o Link Abaixo:

Fonte: A Bíblia é a infalível palavra de Deus – O Pregador

Indicações do site Bíblia Online Top

 

One thought to “A Bíblia é a infalível palavra de Deus – O Pregador”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *