Esdras Capítulo 2

  1     2   3    4     5    6    7     8    9  10 

Esdras Capítulo 2 - (Ed)

  1. Ora estes são os filhos da província, que subiram do cativeiro dentre os exilados, a quem Nabucodonozor, rei de Babilônia, tinha levado para Babilônia, e que voltaram para Jerusalém e para Judá, cada um para a sua cidade,
  2. Partiram eles com Zorobabel, Jesua, Neemias, Seraías, Reelaías, Mordecai, Bilsã, Mispar, Bigvai, Reum e Baaná. Número dos homens do povo de Israel:
  3. os filhos de Parós, dois mil e cento e setenta e dois.
  4. Os filhos de Sefatias, trezentos e setenta e dois.
  5. Os filhos de Ara, setecentos e setenta e cinco.
  6. Os filhos de Paate-Moabe, dos filhos de Jesua e de Joabe, dois mil e oitocentos e doze.
  7. Os filhos de Elão, mil e duzentos e cinqüenta e quatro.
  8. Os filhos de Zatu, novecentos e quarenta e cinco.
  9. Os filhos de Zacai, setecentos e sessenta.
  10. Os filhos de Bani, seiscentos e quarenta e dois.
  11. Os filhos de Bebai, seiscentos e vinte e três.
  12. Os filhos de Azgade, mil e duzentos e vinte e dois.
  13. Os filhos de Adonicão, seiscentos e sessenta e seis.
  14. Os filhos de Bigvai, dois mil e cinqüenta e seis.
  15. Os filhos de Adim, quatrocentos e cinqüenta e quatro.
  16. Os filhos de Ater, de Ezequias, noventa e oito.
  17. Os filhos de Bezai, trezentos e vinte e três.
  18. Os filhos de Jora, cento e doze.
  19. Os filhos de Hasum, duzentos e vinte e três.
  20. Os filhos de Gibar, noventa e cinco.
  21. Os filhos de Belém, cento e vinte e três.
  22. Os homens de Netofa, cinqüenta e seis.
  23. homens de Anatote, cento e vinte e oito.
  24. filhos de Azmavete, quarenta e dois.
  25. Os filhos de Quiriate-Arim, Quefira e Bearote, setecentos e quarenta e três.
  26. Os filhos de Ramá e de Geba, seiscentos e vinte e um.
  27. Os homens de Micmás, cento e vinte e dois.
  28. homens de Betel e de Ai, duzentos e vinte e três.
  29. Os filhos de Nebo, cinqüenta e dois.
  30. Os filhos de Magbis, cento e cinqüenta e seis.
  31. Os filhos do outro Elão, mil e duzentos e cinqüenta e quatro.
  32. Os filhos de Harim, trezentos e vinte.
  33. Os filhos de Lode, Hadide e Ono, setecentos e vinte e cinco.
  34. Os filhos de Jericó, trezentos e quarenta e cinco.
  35. Os filhos de Senaá, três mil e seiscentos e trinta.
  36. Sacerdotes: os filhos de Jedaías, da casa de Jesua, novecentos e setenta e três.
  37. Os filhos de Imer, mil e cinqüenta e dois.
  38. Os filhos de Pasur, mil e duzentos e quarenta e sete.
  39. Os filhos de Harim, mil e dezessete.
  40. levitas: os filhos de Jesua e Cadmiel, dos filhos de Hodavias, setenta e quatro.
  41. Cantores: os filhos de Asafe, cento e vinte e oito.
  42. Filhos dos porteiros: os filhos de Salum, os filhos de Ater, os filhos de Talmom, os filhos de Acube, os filhos de Hatita, os filhos de Sobai, por todos cento e trinta e nove.
  43. Netinins: os filhos de Zia, os filhos de Hasufa, os filhos de Tabaote;
  44. os filhos de Queros, os filhos de Sia, os filhos de Padom;
  45. os filhos de Lebaná, os filhos de Hagaba, os filhos de Acub;
  46. os filhos de Hagabe, os filhos de Sanlai, os filhos de Hanã;
  47. os filhos de Gidel, os filhos de Gaar, os filhos de Reaías;
  48. os filhos de Rezim, os filhos de Necoda, os filhos de Gazão;
  49. os filhos de Uza, os filhos de Paseá, os filhos de Besai;
  50. os filhos de Asna, os filhos de Meunim, os filhos de Nefisim;
  51. os filhos de Bacbuque, os filhos de Hacufa, os filhos de Harur;
  52. os filhos de Bazlute, os filhos de Meída, os filhos de Harsa;
  53. os filhos de Barcos, os filhos de Sísera, os filhos de Tema;
  54. os filhos de Neziá, os filhos de Hatifa.
  55. Filhos dos servos de Salomão: os filhos de Sotai, os filhos de Soferete, os filhos de Peruda;
  56. os filhos de Jaala, os filhos de Darcom, os filhos de Gidel;
  57. os filhos de Sefatias, os filhos de Hatil, os filhos de Poquerete- Hazebaim, os filhos de Ami.
  58. Todos os Netinins e os filhos dos servos de Salomão eram trezentos e noventa e dois.
  59. Estes foram os que subiram de Tel-Melá, de Tel-Harsa, de Querube, de Adã e de Imer; não puderam, porém, provar que as suas famílias e a sua linhagem eram de Israel:
  60. os filhos de Delaías, os filhos de Tobias, os filhos de Necoda, seiscentos e cinqüenta e dois.
  61. E dos filhos dos sacerdotes: os filhos de Habaías, os filhos de Hacoz, os filhos de Barzilai, que tomou por mulher uma das filhas de Barzilai gileadita, e que foi chamado do seu nome.
  62. Estes procuraram os seus títulos nos registros genealógicos, porém não os encontraram; por isso foram tidos por imundos e excluídos do sacerdócio.
  63. O governador intimou-lhes que não comessem das cousas santíssimas, até que se levantasse sacerdote com Urim e com Tumim.
  64. Toda esta congregação junta foi quarenta e dois mil e trezentos e sessenta,
  65. além dos seus escravos e das suas escravas, dos quais havia sete mil e trezentos e trinta e sete; e tinham duzentos cantores e cantoras.
  66. Os seus cavalos eram setecentos e trinta e seis; os seus machos, duzentos e quarenta e cinco;
  67. os seus camelos, quatrocentos e trinta e cinco; os seus jumentos, seis mil e setecentos e vinte.
  68. Alguns dos cabeças das famílias, quando chegaram à casa de Jeová, que é em Jerusalém, fizeram ofertas voluntárias para a casa de Deus, a fim de a restabelecer no seu lugar:
  69. deram conforme as suas posses para a tesouraria da obra sessenta e um mil dáricos de ouro, cinco mil minas de prata, e cem vestes sacerdotais.
  70. Os sacerdotes e os levitas, e alguns do povo, e os cantores, e os porteiros, e os Netinins habitaram nas suas cidades, e todo o Israel nas suas cidades.

<<Anterior  <<                                                                                                                   >>  Próximo >>

Publicidade



Biblia Online Esdras Capítulo 2
Esdras Capítulo 2

Características de:

Esdras Capítulo 2

  • Esdras: em Hebraico significa:"Aquele Que Socorre". O regresso dos judeus de seu cativeiro em Babilônia, a reconstrução do templo, e a inauguração de reformas sociais e religiosas. O lugar e o poder da Palavra de Deus, na vida espiritual, social e civil de Seu povo. “A Palavra do Senhor”.
  • Escrito por: Desconhecido, mas é bem provável que tenha sido escrito pelo próprio Esdras,  no período aproximado entre 450 - 421 a.C. ou algo bem próximo de 446 a.C.
  • Personagens: Ageu, Esdras, Zacarias e Zorobabel.
  • Local do Acontecimentos: Continuidade do livro de 2 Crônicas, e os acontecimento ocorrem no período entre o decreto do rei Ciro até o retorno e as reformas de Esdras próximo de 455 a.C.
  •  Pontos Principais: Esdras tem como objetivo registrar os momentos e as formas de como o povo conseguiu através das providências de Deus e a sua fidelidade, reconstruir as suas vidas após o cativeiro na Babilônia.
  • Curiosidade: O livro de Esdras pode ser dividido em duas partes, sendo a primeira após o decreto do rei Ciro, que através de Zorobabel (um descendente de Davi) constrói o templo (a construção durou 20 anos). o segundo momento é onde Esdras conduzido a levar o povo na busca do avivamento espiritual, arrependimento e o culto a Deus (isso foi 60 anos após a construção do templo).

Em breve mais informações de Esdras capítulo 2:

Publicidade