Ezequiel Capítulo 36

  1     2   3    4     5    6    7     8    9  10   11   12  13   14  15 

16  17   18  19  20  21  22  23  24  25  26  27  28  29  30

31  32  33  34  35  36  37  38  39  40  41  42  43  44  45 

46 47  48 

Ezequiel Capítulo 36 - (Ez)

  1. Tu, filho do homem, profetiza aos montes de Israel, e dize: Montes de Israel, eis a palavra de Jeová.
  2. Assim diz o Senhor Jeová: Porquanto o inimigo disse contra vós: Ah! e também: Os antigos lugares altos são nossos para os possuirmos;
  3. portanto profetiza e dize: Assim diz o Senhor Jeová: Porquanto, sim porquanto vos assolaram, e vos devoraram de todos os lados, para que servísseis de posse ao resto das nações, e tendes andado em lábios de paroleiros, e chegado a ser a infâmia do povo;
  4. portanto, montes de Israel, ouvi a palavra do Senhor Jeová aos montes e aos outeiros, às correntes de água e aos vales, aos desertos desolados, e às cidades desamparadas, que se tornaram em presa e em opróbrio ao resto das nações circunvizinhas.
  5. Portanto assim diz o Senhor Jeová: Certamente no fogo do meu zelo falei contra o resto das nações, e contra todo o Edom, que apropriaram a si a minha terra por posse com o gozo de todo o seu coração, com despeito de alma, para a lançarem fora à rapina.
  6. Portanto profetiza acerca da terra de Israel, e dize aos montes e aos outeiros, às correntes de água e aos vales: Assim diz o Senhor Jeová: Eis que falei no meu zelo e no meu furor, porque levastes sobre vós o opróbrio dos pagãos;
  7. por isso assim diz o Senhor Jeová: Eu levantei a minha mão, dizendo: Certamente os pagãos que estão ao redor de vós, levarão sobre si o seu opróbrio.
  8. Mas vós, ó montes de Israel, produzireis os vossos ramos e dareis o vosso fruto ao meu povo de Israel; pois já estão para vir.
  9. Eis que eu vos sou favorável, e me voltarei para vós, e sereis lavrados e semeados;
  10. multiplicarei os homens sobre vós, toda a casa de Israel, sim toda ela. As cidades serão habitadas, e as solidões serão edificadas.
  11. Sobre vós multiplicarei homens e animais; eles se aumentarão e frutificarão. Farei que sejais habitadas como dantes, e vos tratarei melhor do que nos vossos princípios; e sabereis que eu sou Jeová.
  12. Na verdade sobre vós farei andar homens, o meu povo de Israel. Eles te possuirão, e tu serás a sua herança, e daqui em diante não os privarás mais de filhos.
  13. Assim diz o Senhor Jeová: Porquanto vos dizem: Tu és uma terra que devora os homens, e tens sido a que privas de filhos a tua nação;
  14. por isso não devorarás mais os homens, nem privarás mais de filhos a tua nação, diz o Senhor Jeová.
  15. Não te permitirei ouvir mais a afronta dos pagãos, nem levarás mais sobre ti o opróbrio dos povos; nem farás tropeçar mais a tua nação, diz o Senhor Jeová.
  16. Demais veio a mim a palavra de Jeová, dizendo:
  17. Filho do homem, quando a casa de Israel habitava na sua terra, contaminaram-na pelo seu caminho e pelos seus feitos. O seu caminho diante de mim tornou-se como a imundícia duma mulher na sua separação.
  18. Pelo que derramei sobre eles o meu furor por causa do sangue que haviam derramado sobre a terra, e porque a tinham contaminado com os seus ídolos.
  19. Eu os espalhei entre as nações, e foram dispersos pelos países; segundo o seu caminho e segundo os seus feitos os julguei.
  20. Quando chegaram às nações, para onde foram, profanaram o meu santo nome; porquanto se dizia deles: Estes são o povo de Jeová, que saiu da sua terra.
  21. Porém tive compaixão do meu santo nome, ao qual a casa de Israel profanara entre as nações, para onde foram.
  22. Portanto dize à casa de Israel: Assim diz o Senhor Jeová: Não é por amor de vós, casa de Israel, que eu faço isto; mas é em atenção ao meu santo nome, que tendes profanado entre as nações, para onde fostes.
  23. Santificarei o meu grande nome, que tem sido profanado entre as nações, o qual tendes profanado no meio deles; as nações saberão que eu sou Jeová, diz o Senhor Jeová, quando eu for santificado em vós diante dos seus olhos.
  24. Pois vos tirarei dentre as nações, e vos congregarei de todos os países, e vos trarei para a vossa terra.
  25. Aspergirei sobre vós água pura, e ficareis purificados; de toda a vossa imundícia, e de todos os vossos ídolos, vos purificarei.
  26. Também vos darei um coração novo, e dentro de vós porei um espírito novo; tirarei da vossa carne o coração de pedra, e dar-vos-ei um coração de carne.
  27. Dentro de vós porei o meu espírito, e farei que andeis nos meus estatutos, e guardareis os meus juízos e os praticareis.
  28. Habitareis na terra que dei a vossos pais; vós sereis o meu povo, e eu serei o vosso Deus.
  29. Livrar-vos-ei de todas as vossas impurezas; chamarei o trigo, e o multiplicarei, e não trarei fome sobre vós.
  30. Multiplicarei o fruto das árvores, e a novidade do campo, para que não recebais mais o opróbrio da fome entre as nações.
  31. Então vos lembrareis dos vossos maus caminhos, e dos vossos feitos que não eram bons; tereis nojo em vós mesmos das vossas iniqüidades e das vossas abominações.
  32. Não é por amor de vós que eu faço isto, diz o Senhor Jeová, seja-vos isto bem entendido. Envergonhai-vos e confundi-vos sobre os vossos caminhos, ó casa de Israel.
  33. Assim diz o Senhor Jeová: No dia em que vos purificar de todas as vossas iniqüidades, farei que sejam habitadas as cidades, e edificadas as solidões.
  34. A terra que estava desolada será lavrada, em lugar de ser uma desolação aos olhos de todos os que por ela passavam.
  35. Dir-se-á: Esta terra que estava desolada, tem-se tornado como o jardim do Éden; e as cidades desertas e desoladas e arruinadas estão fortalecidas e habitadas.
  36. Então as nações que tiverem ficado ao redor de vós, saberão que eu Jeová reedifiquei os lugares arruinados, e plantei o que estava desolado. Eu Jeová o disse, e o farei.
  37. Assim diz o Senhor Jeová: Ainda por isso serei consultado da casa de Israel, para que eu lhes faça isto; multiplicá-los-ei de homens, como um rebanho.
  38. Como o rebanho para sacrifícios, como o rebanho de Jerusalém nas suas festas fixas; assim as cidades desertas serão cheias de rebanhos de homens; e eles saberão que eu sou Jeová.

<<Anterior  <<                                                                                                                   >>  Próximo >>

Publicidade



Biblia Online Ezequiel Capítulo 36
Ezequiel Capítulo 36

Características de:

Ezequiel Capítulo 36

  • Ezequiel: (em hebraico: יְחֶזְקֵאל, transl. Y'khizqel, IPA[jəħ.ezˈqel]) significa:""A Força ou o Poder De Deus". 
  • Escrito por: Ezequiel o Profeta, no período aproximado entre 595 - 569 a.C.
  • Personagens: Ezequiel, Nabucodonosor, Esposa de Ezequiel e alguns lideres do povo israelita da época.
  • Local dos Acontecimentos: Na Babilônia, nas proximidades do rio Quedar, local este onde o povo de Judá (Judeus) foram levados como prisioneiros.
  • Pontos Principais: O livro de Ezequiel mostra historicamente os momentos em que Deus usa Ezequiel para falar com os Judeus afim de mantê-los firmes na fé em Deus e também para que possam entender que foi o através do pecado deles que a cidade de Jerusalém foi destruída.
  •  mas que saibam também que tudo isso que aconteceu foi da vontade de Deus mediante a sua Glória e Justiça e o que Deus deseja é restaurar este povo.
  • Curiosidade: Deus agiu fortemente na vida dos Judeus mesmo estes estando confiantes que a cidade de Jerusalém não seria destruída, mas devido a vontade permissiva de Deus vem a ocorrer a destruição total de Jerusalém o que causou muito desânimo no povo de Judá,
  • mas devido o AMOR de Deus ele usa o profeta Ezequiel e lhe dá uma visão (ossos adquirindo vida) para poder através dessa mensagem restaurar os Judeus e fazer com eles arrependam-se de seus pecados e voltem a ter comunhão com Deus.

Em breve mais informações de Ezequiel capítulo 36:

Publicidade