Ezequiel Capítulo 45

  1     2   3    4     5    6    7     8    9  10   11   12  13   14  15 

16  17   18  19  20  21  22  23  24  25  26  27  28  29  30

31  32  33  34  35  36  37  38  39  40  41  42  43  44  45 

46 47  48 

Ezequiel Capítulo 45 - (Ez)

  1. Demais, quando repartirdes a terra em herança por sortes, oferecereis uma oblação a Jeová, uma santa porção da terra: o comprimento será o comprimento de vinte e cinco mil canas, e a largura será de dez mil. Ela será santa em todo o seu termo ao redor.
  2. Desta porção o santuário ocupará quinhentas canas de comprimento e quinhentas de largura, em quadro ao redor; e os seus subúrbios terão cinqüenta cúbitos ao redor.
  3. Desta medida medirás, vinte e cinco mil canas de comprimento, e dez mil de largura; e nela será o santuário, que é santíssimo.
  4. É ela uma santa porção da terra; será para os sacerdotes, ministros do santuário, que se aproximam para servir a Jeová; e lhes servirá de lugar para as suas casas, e de lugar santo para o santuário.
  5. Os levitas, ministros da casa, terão vinte e cinco mil canas de comprimento e dez mil de largura, para possessão sua, para vinte câmaras.
  6. Para a possessão da cidade dareis cinco mil canas de largura e vinte e cinco mil de comprimento, ao lado da oblação da santa porção: o que será para toda a casa de Israel.
  7. O que se der ao príncipe estará duma e da outra parte da santa oblação e da possessão da cidade, defronte da santa oblação e defronte da possessão da cidade, do lado ocidental para o ocidente e do lado oriental para o oriente; e de comprimento corresponderá a uma das porções desde o termo ocidental até o termo oriental.
  8. Na terra lhe será um possessão em Israel; os meus príncipes não oprimirão mais o meu povo; mas distribuirão a terra pela casa de Israel segundo as suas tribos.
  9. Assim diz o Senhor Jeová: Baste-vos, príncipes de Israel: cessai da violência e rapina, e executai juízo e justiça; tirai do meu povo as vossas exações, diz o Senhor Jeová.
  10. Tereis balanças justas, e efa justa, e bato justo.
  11. O efa e o bato serão duma só medida, de maneira que o bato contenha a décima parte dum ômer, e o efa a décima parte dum ômer: conforme o ômer será a sua medida.
  12. O siclo terá vinte obolos. O vosso mane será vinte siclos, vinte e cinco siclos e quinze siclos.
  13. Esta é a oblação que haveis de oferecer: a sexta parte dum efa de cada ômer de trigo, e dareis a sexta parte dum efa de cada ômer de cevada;
  14. a porção determinada de azeite, do bato de azeite, será a décima parte dum bato tirado do coro, que é dez batos, a saber, o ômer; pois dez batos fazem um ômer;
  15. um cordeiro do rebanho, de cada duzentos, das bem regadas pastagens de Israel; para ofertas de cereais, e para holocaustos, e para ofertas pacíficas, a fim de fazer expiação por eles, diz o Senhor Jeová.
  16. Todo o povo da terra concorrerá a esta oblação para o príncipe em Israel.
  17. Tocará ao príncipe dar os holocaustos, e as ofertas de cereais, e as ofertas de libações, nas festas e nas luas novas, e nos sábados, em todas as festas fixas da casa de Israel. Ele preparará a oferta pelo pecado, e a oferta de cereais, e o holocausto e as ofertas pacíficas para fazer expiação pela casa de Israel.
  18. Assim diz o Senhor Jeová: No primeiro mês, no primeiro dia do mês, tomarás um bezerro sem mancha, e purificarás o santuário.
  19. O sacerdote tomará do sangue da oferta pelo pecado, e pô-lo-á nas ombreiras da casa, e nos quatro cantos das seções do altar, e nos postes da porta do átrio interior.
  20. Assim farás no sétimo dia do mês a favor de cada um que erra, e do que é simples: assim fareis expiação pela casa.
  21. No primeiro mês, aos quatorze dias do mês, tereis uma páscoa, festa de sete dias; comer-se-ão pães asmos.
  22. Nesse dia o príncipe preparará para si e para todo o povo da terra um novilho como oferta pelo pecado.
  23. Durante os sete dias da festa preparará um holocausto a Jeová, sete novilhos e sete carneiros sem mancha, cada dia durante os sete dias; e um bode cada dia como oferta pelo pecado.
  24. Prepará uma oferta de cereais, um efa para cada novilho, e um efa para cada carneiro, e um him de azeite para cada efa.
  25. No sétimo mês, aos quinze dias do mês, na festa, fará o mesmo por sete dias, segundo a oferta pelo pecado, segundo o holocausto e segundo a oferta de cereais, segundo o azeite.

<<Anterior  <<                                                                                                                   >>  Próximo >>

Publicidade



Biblia Online Ezequiel Capítulo 45
Ezequiel Capítulo 45

Características de:

Ezequiel Capítulo 45

  • Ezequiel: (em hebraico: יְחֶזְקֵאל, transl. Y'khizqel, IPA[jəħ.ezˈqel]) significa:""A Força ou o Poder De Deus". 
  • Escrito por: Ezequiel o Profeta, no período aproximado entre 595 - 569 a.C.
  • Personagens: Ezequiel, Nabucodonosor, Esposa de Ezequiel e alguns lideres do povo israelita da época.
  • Local dos Acontecimentos: Na Babilônia, nas proximidades do rio Quedar, local este onde o povo de Judá (Judeus) foram levados como prisioneiros.
  • Pontos Principais: O livro de Ezequiel mostra historicamente os momentos em que Deus usa Ezequiel para falar com os Judeus afim de mantê-los firmes na fé em Deus e também para que possam entender que foi o através do pecado deles que a cidade de Jerusalém foi destruída.
  •  mas que saibam também que tudo isso que aconteceu foi da vontade de Deus mediante a sua Glória e Justiça e o que Deus deseja é restaurar este povo.
  • Curiosidade: Deus agiu fortemente na vida dos Judeus mesmo estes estando confiantes que a cidade de Jerusalém não seria destruída, mas devido a vontade permissiva de Deus vem a ocorrer a destruição total de Jerusalém o que causou muito desânimo no povo de Judá,
  • mas devido o AMOR de Deus ele usa o profeta Ezequiel e lhe dá uma visão (ossos adquirindo vida) para poder através dessa mensagem restaurar os Judeus e fazer com eles arrependam-se de seus pecados e voltem a ter comunhão com Deus.

Em breve mais informações de Ezequiel capítulo 45:

Publicidade