Isaías Capítulo 45

  1     2   3    4     5    6    7     8    9  10   11   12  13   14  15 

16  17   18  19  20  21  22  23  24  25  26  27  28  29  30

31  32  33  34  35  36  37  38  39  40  41  42  43  44  45 

46 47  48  49  50  51  52  53  54  55  56  57  58  59  60

61  62  63  64  65  66

Isaías Capítulo 45 - (Is)

  1. Assim diz Jeová ao seu ungido, a Ciro a quem tomei pela mão direita para lhe sujeitar nações ante a sua face, desapertar os lombos de reis e lhe abrir portas cujas entradas não serão fechadas.
  2. Eu irei diante de ti, e farei planos os lugares escabrosos; quebrarei as portas de bronze e despedaçarei as trancas de ferro.
  3. Dar-te-ei os tesouros das trevas, e as riquezas escondidas em lugares secretos, para que saibas que eu sou Jeová, o Deus de Israel, que te chamo pelo teu nome.
  4. Por amor do meu servo Jacó e de Israel meu escolhido te chamei pelo teu nome, e te dei títulos, embora não me conhecesses.
  5. Eu sou Jeová, e não há outro; fora de mim não há Deus; cingir-te-ei, ainda que não me tenhas conhecido;
  6. para que se saiba desde o nascente do sol, e desde o poente, que fora de mim não há outro: eu sou Jeová, e não há outro.
  7. Eu formo a luz, e crio as trevas; faço a paz, e crio o mal; eu sou Jeová que faço todas estas coisas.
  8. Destilai, ó céus, lá de cima, e chovam as nuvens a justiça para que produzam a salvação; abrase a terra, e ao mesmo tempo faça nascer a justiça; eu Jeová criei tudo isso.
  9. Ai daquele que contende com o seu Criador! ai do caco entre os cacos da terra! Porventura dirá o barro ao que o forma: Que fazes? porventura dirá a tua obra do seu artífice: Ele não tem mãos?
  10. Ai de quem diz ao pai: Que é o que geras? ou à mulher: Que é o de que estás de parto?
  11. Assim diz Jeová, o Santo de Israel e seu Criador: Perguntai-me que há de suceder: demandai-me acerca de meus filhos, e acerca da obra das minhas mãos.
  12. Eu é que fiz a terra, e sobre ela criei o homem: eu com as minhas mãos estendi os céus, e a todo o seu exército dei as minhas ordens.
  13. Eu o despertei em justiça e o endireitarei em todos os seus caminhos. Ele edificará a minha cidade, e deixará ir livres os meus exilados, não por preço nem por presentes, diz Jeová dos exércitos.
  14. Assim diz Jeová: O trabalho do Egito e o tráfico da Etiópia, e os sabeus, homens de grande estatura, passarão para ti, e serão teus. Irão atrás de ti, em cadeias virão; diante de ti se prostrarão, e a ti te suplicarão, dizendo: Certamente Deus está em ti; e não há outro que seja Deus.
  15. Deveras tu, ó Deus de Israel, Salvador, és um Deus que te encobres.
  16. Envergonhados e confundidos serão todos eles; cairão a uma em confusão todos os que fabricam ídolos.
  17. Israel, porém, será salvo por Jeová com uma salvação eterna; vós não sereis envergonhados nem confundidos para todo o sempre.
  18. Pois assim diz Jeová, o Deus que criou os céus, que formou a terra e a fez (ele a estabeleceu, não a criou para ser um caos, mas formou-a para ser habitada): eu sou Jeová, e não há outro.
  19. Não tenho falado em oculto, em algum lugar da terra de trevas: eu não disse à semente de Jacó: Buscai-me em vão; eu, Jeová, falo a justiça, anuncio o que é reto.
  20. Congregai-vos e vinde; chegai-vos todos juntos, os que escapastes das nações; não têm entendimento os que carregam o lenho da sua imagem esculpida, e oram a um deus que não pode salvar.
  21. Anunciai e apresentai as razões; juntamente tomem conselho. Quem mostrou estas coisas desde os tempos antigos? quem as anunciou de há muito? não o fiz eu, Jeová? fora de mim não há outro Deus; Deus justo e salvador não há outro fora de mim.
  22. Olhai para mim, e sede salvos, todos os confins da terra; pois eu sou Deus, e não há outro.
  23. Por mim mesmo jurei da minha boca, já saiu em justiça a palavra, que não voltará: Diante de mim se dobrará todo o joelho, e jurará toda a língua.
  24. Tão somente em Jeová, dir-me-ão, há justiça e força. A ele virão os homens, e serão envergonhados todos os que se indignarem contra ele.
  25. Em Jeová será justificada, e se gloriará toda a semente de Israel.

<<Anterior  <<                                                                                                                   >>  Próximo >>

Publicidade



Biblia Online Isaías Capítulo 45
Isaías Capítulo 45

Características de:

Isaías Capítulo 45

  • Isaías: significa: "a salvação". A salvação das nações vem por meio de Jeová (Deus), através de seu julgamento, poder  e graça.
  • Escrito por: Profeta Isaías no período aproximado entre 745 - 684 a.C.
  • Personagens: Isaías, Rei Ezequias, Rei Acaz, Rei Ciro da Pérsia, Judá, Uzias e Jotão.
  • Local do Acontecimentos: Foi na terra de Judá, devido a data isto pode ter ocorrido antes ou próximo dos tempos do inicio do exílio babilônico.
  • Pontos Principais: Em todo o livro de Isaías ele deseja através de sua obediência a Deus, mostrar com clareza o pecado do povo de Judá e o quanto eles permanecem com seus corações duros e não querem reconhecer isso a fim de buscar uma vida melhor seguindo e ouvindo as promessas de Deus para as suas vidas.
  • Curiosidade: O livor de Isaías tem 66 capítulos assim como a bíblia tem no total 66 livros em sua composição. O livro de Isaías também pode ser divido em duas partes assim como a bíblia, sendo a primeira parte onde Deus fez a destruição de um povo pecador (arca de Noé) e em Isaías (exílio babilônico pelo pecado do povo), e na segunda parte a nossa salvação eterna através de Cristo Jesus com sua morte na cruz para nos livrar do pecado e em Isaías com a restauração do povo após exílio babilônico.

Em breve mais informações de Isaías capítulo 45:

Publicidade