Jeremias Capítulo 11

  1     2   3    4     5    6    7     8    9  10   11   12  13   14  15 

16  17   18  19  20  21  22  23  24  25  26  27  28  29  30

31  32  33  34  35  36  37  38  39  40  41  42  43  44  45 

46 47  48  49  50  51  52

Jeremias Capítulo 11 - (Jr)

  1. Eis a palavra que da parte de Jeová veio a Jeremias, dizendo:
  2. Ouvi as palavras desta aliança, e fala aos homens de Judá e aos habitantes de Jerusalém;
  3. dize-lhes: Assim diz Jeová, Deus de Israel: Maldito seja o homem que não ouvir as palavras desta aliança,
  4. a qual ordenei a vossos pais no dia em que os tirei da terra do Egito, da fornalha de ferro, dizendo: Obedecei à minha voz, e fazei segundo tudo quanto vos ordeno; assim vós sereis o meu povo, e eu serei o vosso Deus;
  5. para que eu estabeleça o juramento que jurei a vossos pais, de lhes dar uma terra que manasse leite e mel, como é no dia de hoje. Então respondi e disse: Amém, Jeová.
  6. Disse-me Jeová: Proclama todas estas palavras nas cidades de Judá e nas ruas de Jerusalém, dizendo: Ouvi as palavras desta aliança, e observai-as.
  7. Pois com instância protestei a vossos pais no dia em que os tirei da terra do Egito até o dia de hoje, levantando-me cedo e protestando: Obedecei à minha voz.
  8. Contudo não obedeceram, nem inclinaram os seus ouvidos, mas andaram cada um na obstinação do seu mau coração; portanto fiz vir sobre eles todas as palavras desta aliança, as quais lhes ordenei que observassem, porém não as observaram.
  9. Disse-me mais Jeová: Uma conspiração se achou entre os homens de Judá, e entre os habitantes de Jerusalém.
  10. Tornaram às iniqüidades de seus pais, que recusaram ouvir as minhas palavras; e já se foram após outros deuses, para os servir; a casa de Israel e a casa de Judá quebraram a minha aliança que fiz com seus pais.
  11. Por isso assim diz Jeová: Eis que vou trazer sobre eles calamidades, de que não poderão escapar; clamarão a mim, porém não os escutarei.
  12. Então irão as cidades de Judá e os habitantes de Jerusalém, e clamaram aos deuses aos quais queimarão incenso; mas estes não salvarão de maneira alguma no tempo da sua aflição.
  13. Pois segundo o número das tuas cidades são os teus deuses, ó Judá; e segundo o número das ruas de Jerusalém tendes erigido altares a uma coisa vergonhosa, altares para queimardes incenso a Baal.
  14. Portanto não ores tu por este povo, nem por eles levantes clamor nem oração; porque eu não os ouvirei no tempo em que clamarem a mim por causa da sua aflição.
  15. Que tem a minha amada a fazer na minha casa, visto que leva a efeito maus desígnios? porventura votos e carne santa poderão afastar de ti o mal? ou por estes poderás escapar.
  16. Jeová te pôs o nome de oliveira verde, formosa de belos frutos; mas ao som dum grande tumulto acendeu fogo nessa árvore, e os seus ramos são quebrados.
  17. Pois Jeová dos exércitos, que te plantou, acaba de pronunciar contra ti calamidades, por causa dos males da casa de Israel e da casa de Judá, que da sua parte fizeram, queimando incenso a Baal, para me provocarem à ira.
  18. Jeová me fez saber, e eu o soube; então me mostraste os feitos deles.
  19. Mas eu era como um manso cordeiro que é levado ao matadouro; eu não soube que haviam formado contra mim desígnios, dizendo: Destruamos a árvore juntamente com o seu fruto, e exterminemo-lo da terra dos viventes, para que não seja lembrado mais o seu nome.
  20. Porém, tu, Jeová dos exércitos, que julgas retamente, que provas os rins e o coração, permite que eu veja a vingança que tomarás deles; porque a ti revelei a minha causa.
  21. assim diz Jeová acerca dos homens de Anatote, os quais procuram tirar-te a vida, dizendo: Não profetizarás em nome de Jeová, para que não morras às nossas mãos;
  22. por isso assim diz Jeová dos exércitos: Eis que os castigarei; os mancebos morrerão à espada, seus filhos e suas filhas morrerão de fome;
  23. não lhes ficará um resto; pois farei vir calamidades sobre os homens de Anatote, a saber, o ano de serem eles visitados.

<<Anterior  <<                                                                                                                   >>  Próximo >>

Publicidade



Biblia Online Jeremias Capítulo 11
Jeremias Capítulo 11

Características de:

Jeremias Capítulo 11

  • Jeremias: Pelo significado bíblico é "Sublime é Deus". Em Hebraico escrevesse "יִרְמְיָהוּ, Yirməyāhū ou Yirmeyahu" e em Latim escrevesse "Hieremias".
  • Escrito por: Jeremias o Profeta, no período aproximado entre 627 - 580 a.C.
  • Personagens: Jeremias, o próprio Deus e todo o povo de Judá.
  • Local do Acontecimentos: Estudos indicam que tudo aconteceu nas terras de Judá.
  • Pontos Principais: O livro de Jeremias foi escrito para demonstrar através das verdades contidas neste livro que da mesma forma que Deus fez ao povo de Judá naquela época Ele também pode fazer hoje. Deus revela através do profeta Jeremias que o povo estava totalmente em pecado e afastado das vontades de Deus, mas que pelo grande amor que Deus  tem pelo povo Ele deseja que o povo arrependa-se  e volte a ter comunhão com Ele, e com isso Ele usa Jeremias para profetizar coisas que Deus cumpri no meio do povo para lembrar-los de que Deus é o soberano e ama muito eles.
  • Curiosidade: Temos registrado no livro de Jeremias diversas profecias que foram direcionadas por Deus ao povo de Judá e a outras nações daquela época e grande parte dessas profecias Deus as fez cumprir antes mesmo da morte de Jeremias.

Em breve mais informações de Jeremias capítulo 11:

Publicidade