Romanos Capítulo 7

  1     2   3    4     5    6    7     8    9  10   11   12  13   14  15 

16

Romanos Capítulo 7 - (Rm)

  1. Porventura ignorais, irmãos, pois falo aos que conhecem a lei, que ela tem domínio sobre o homem durante todo o tempo que ele vive?
  2. A mulher casada está ligada pela lei a seu marido, enquanto ele vive; mas se o marido morrer, desligada fica da lei do marido.
  3. Assim, pois, enquanto o marido vive, se ela for de outro homem, será chamada adúltera; mas se morrer o marido, livre está da lei, de maneira que não é adúltera, se for de outro homem.
  4. De modo que, meus irmãos, também vós fostes mortos à Lei pelo corpo de Cristo, para pertencerdes a outro, àquele que foi ressuscitado dentre os mortos, a fim de que dessemos fruto a Deus.
  5. Pois quando estávamos na carne, as paixões dos pecados que havia pela Lei, operaram em nossos membros, a fim de darem fruto à morte;
  6. mas agora desligados estamos da Lei, por termos morrido para aquilo em que estávamos presos, de sorte que sirvamos em novidade de espírito e não na velhice da letra.
  7. Que diremos, pois? É a Lei pecado? De modo nenhum. Mas eu não teria conhecido o pecado, senão pela Lei; pois eu não teria conhecido a cobiça, se a Lei não dissera: Não cobiçarás.
  8. Mas o pecado, achando ocasião, operou em mim pelo mandamento toda a cobiça; porque sem a Lei o pecado está morto.
  9. Em outro tempo eu vivia sem a Lei, mas quando veio o mandamento, reviveu o pecado, e eu morri.
  10. O mandamento que era para vida, esse achei que era para morte;
  11. porque o pecado, achando ocasião, me enganou pelo mandamento, e por ele me matou.
  12. De modo que a Lei é santa, e o mandamento é santo, justo e bom.
  13. Logo o que é bom tornou-se morte para mim? De modo nenhum; mas sim o pecado, para se mostrar pecado, operando em mim a morte por meio do que é bom, a fim de que pelo mandamento o pecado se fizesse excessivamente mau.
  14. Sabemos que a Lei é espiritual; mas eu sou de carne, vendido para estar sujeito ao pecado.
  15. Pois o que faço não entendo: não pratico o que quero, mas faço o que aborreço.
  16. Mas se faço aquilo que não quero, admito que a Lei é boa.
  17. Porém agora não sou eu mais o que faço isto, mas o pecado que em mim habita.
  18. Eu sei que em mim, isto é, na minha carne, não habita o bem: o querer o bem está comigo, mas o efetuá-lo não está.
  19. Pois não faço o bem que quero; mas o mal que não quero, esse pratico.
  20. Mas se eu faço aquilo que não quero, já não sou eu o que faço, mas sim o pecado que em mim habita.
  21. Portanto, querendo eu fazer o bem, acho a lei de que está comigo o mal.
  22. Pois eu me deleito na Lei de Deus no homem interior;
  23. mas vejo uma lei diferente nos meus membros, guerreando a lei do meu espírito, e fazendo-me preso na lei do pecado, a qual está nos meus membros.
  24. Infeliz homem eu! quem me livrará do corpo desta morte?
  25. Graças a Deus por Jesus Cristo nosso Senhor. Assim, pois, eu mesmo com o espírito sirvo à lei de Deus, mas com a carne sirvo à lei do pecado.

 

<<Anterior  <<                                                                                                                   >>  Próximo >>

Publicidade



Biblia Online Romanos Capítulo 7
Romanos Capítulo 7

Características de:

Romanos Capítulo 7

  • Romanos: em grego: " Επιστολή προς Ρωμαίους " transl : " Epistole pros Romaious ".
  • Escrito por: Paulo o apóstolo, no período aproximado entre 56 a 57 d.C.
  • Personagens: Paulo e os cristãos que morava em Roma.
  • Local dos Acontecimentos: Direcionado a Igreja de Roma, escreveu esta carta em Corinto.
  • Pontos Principais: A carta que Paulo escreveu foi direcionada aos Romanos e a intenção de Paulo ao escrever esta carta aos cristãos da Igreja de Roma era de expôr e esclarecer as dúvidas a respeito do seu ministério como servo de Cristo e também apresentar uma prévia da mensagem que ele iria compartilhar com eles pessoalmente o mais breve possível.
  • Nesta carta contém informações a respeito da salvação, perdão dos pecados, como podemos ser salvos e justificados pela graça de Deus e também em relação a fé que devemos ter em Jesus Cristo.
  • Paulo também ensina e ressalta a importância do amor ao próximo, porque naquela cidade existia uma discórdia entre Judeus e os Gentios principalmente em relação ao salvação,
  • mas Paulo deixa claro para os dois povos que ambos estão sujeitos ao pecado e com isso também estão sujeitos a ira e a graça de Deus sobres as suas vidas,
  • por que para Deus não existe distinção entre ninguém e por isso não há espaço para as discussões desnecessárias e a arrogância.
  • Curiosidade: Paulo o escritor desta carta aos Romanos é o mesmo que foi descrito no livro de Atos.
  • Em Atos, Paulo era chamado de Saulo e conhecido por sua vez como um grande perseguidor de cristãos, 
  • mas após o seu glorioso encontro com Jesus, este que veio do céu até ele em forma de LUZ, na estrada de Damasco, Saulo teve sua vida transformada e,
  • passou a ser chamado de Paulo, que se tronou um grande conquistador de ALMAS e pregador do evangelho de CRISTO por todos os lugares, porque isto passou a ser o desejo de Deus na vida dele.

Em breve mais informações de Romanos capítulo 7:

Publicidade