Salmos Capítulo 78

  1     2   3    4     5    6    7     8    9  10   11   12  13   14  15 

16  17   18  19  20  21  22  23  24  25  26  27  28  29  30

31  32  33  34  35  36  37  38  39  40  41  42  43  44  45 

46 47  48  49  50  51  52  53  54  55  56  57  58  59  60

61  62  63  64  65  66  67  68  69  70  71  72  73  74  75

76  77  78  79  80  81  82  83  84  85  86  87  88  89  90

91  92  93  94  95  96  97  98  99 100 101 102 103 104 105

106 107 108 109 110 111 112 113 114  115 116 117 118 119 120

121 122 123 124 125 126 127 128 129 130 131 132 133 134 135

136 137 138 139 140 141 142 143 144 145 146 147 148 149 150 

Salmos Capítulo 78 - (Sl)

  1. Escutai, povo meu, a minha lei; Inclinai os vossos ouvidos às palavras da minha boca.
  2. Abrirei numa parábola a minha boca, Proferirei enigmas tirados dos tempos antigos.
  3. As coisas que temos ouvido e sabido, E que nossos pais nos têm contado,
  4. Não as ocultaremos a seus filhos, Narrando às gerações vindouras os louvores de Jeová, E a sua força e as maravilhas que ele tem obrado.
  5. Porque ele estabeleceu um testemunho em Jacó, E instituiu uma lei em Israel, As quais coisas mandou a nossos pais Que as fizessem conhecer a seus filhos,
  6. Para que a soubesse a geração vindoura, a saber, os filhos que houvessem de nascer, Os quais se levantassem e as contassem a seus filhos;
  7. A fim de que pusessem a sua confiança em Deus, E não se esquecessem das obras de Deus, Mas guardassem os seus mandamentos:
  8. E que não fossem como seus pais, Geração contumaz e rebelde; Geração que não regeu bem o coração, E cujo espírito não foi fiel a Deus.
  9. Os filhos de Efraim, armados de arcos, Bateram em retirada no dia da batalha.
  10. Não guardaram a aliança de Deus, E recusaram andar na sua lei;
  11. Esqueceram-se dos seus feitos, E as obras maravilhosas que ele lhes tinha mostrado.
  12. Maravilhas fez ele à vista de seus pais, Na terra do Egito, no campo de Zoã.
  13. Dividiu o mar, e fê-los passar; Fez parar as águas como um montão.
  14. Também os guiou de dia por uma nuvem, E durante a noite toda por um clarão de fogo.
  15. Fendeu rochas no deserto, E deu-lhes a beber abundantemente como de abismos.
  16. Fez sair da penha torrentes, E fez correr águas como rios.
  17. Todavia ainda prosseguiram em pecar contra ele, Rebelando-se contra o Altíssimo no deserto.
  18. Tentaram a Deus nos seus corações, Pedindo comida segundo o seu apetite.
  19. Falaram contra Deus, Disseram: Porventura pode Deus preparar uma mesa no deserto?
  20. Eis que feriu a rocha, e brotaram águas, E torrentes trasbordaram. Pode ele também dar pão? Acaso fornecerá carne ao seu povo?
  21. Portanto Jeová, ao ouvir isto, ficou irado: Acendeu-se fogo contra Jacó, Também se levantou ira contra Israel;
  22. Porque não creram em Deus, E não confiaram na sua salvação.
  23. Contudo ordenou às nuvens lá em cima, E abriu as portas do céu;
  24. Sobre eles fez chover maná para comer, E deu-lhes do trigo do céu.
  25. Comeu cada qual o pão dos poderosos; Ele lhes enviou comida a fartar.
  26. Fez soprar no céu o vento do oriente, E pelo seu poder conduziu o vento sul.
  27. Sobre eles fez também chover carne como poeira, E aves de asas como areia dos mares;
  28. Fê-las cair no meio do arraial deles, Ao redor das suas habitações.
  29. Assim eles comeram e se fartaram bem, Pois ele lhes trouxe o que cobiçavam.
  30. Não se apartavam da sua cobiça, Ainda a comida lhes estava na boca,
  31. Quando a ira de Deus se levantou contra eles, Matou dos mais vigorosos deles E prostrou os mancebos de Israel.
  32. Apesar de tudo isto continuaram a pecar, E não creram nas suas maravilhas.
  33. Por isso acabou com os dias deles em um sopro, E os anos num terror repentino.
  34. Quando ele os fazia morrer, então o buscavam; Voltavam, e de manhã procuravam a Deus.
  35. Lembraram-se de que Deus era a sua rocha, E o Deus Altíssimo o seu redentor.
  36. Eles, porém, o lisonjeavam com a sua boca, E com a sua língua lhe mentiam.
  37. Pois o coração deles não era constante para com ele, Nem eram fiéis na sua aliança.
  38. Mas ele é cheio de compaixão, revela a iniqüidade e não destrói; Muitas vezes desvia a sua ira, E não dá largas a todo o seu furor.
  39. Lembrava-se de que eles eram carne, Um vento que passa, e não volta mais.
  40. Quantas vezes se rebelaram contra ele no deserto, E o agravaram no ermo!
  41. Eles voltaram, e tentaram a Deus, E provocaram o Santo de Israel.
  42. Não se lembraram do poder dele, Nem do dia em que os remiu do adversário;
  43. De como fez no Egito os seus sinais, E os seus prodígios no campo de Zoã,
  44. Convertendo em sangue os rios deles, E as suas correntes, para que delas não bebessem.
  45. Enviou-lhes enxames de moscas que os devoraram; E rãs que os destruíram.
  46. Entregou às lagartas as novidades deles, E aos gafanhotos os frutos do seu trabalho.
  47. Destruiu com saraiva as vinhas deles, E os seus sicômoros com chuva de pedra.
  48. Entregou à saraiva o gado deles, E aos raios os seus rebanhos.
  49. Sobre eles lançou o furor da sua ira, Cólera, indignação e calamidade— Tropel de anjos importadores de males.
  50. Deu livre curso à sua ira; Não poupou da morte a alma deles, Mas a sua vida a entregou à pestilência.
  51. Feriu todos os primogênitos no Egito, Primícias da força deles nas tendas de Cão.
  52. Mas ele fez partir o seu povo como ovelhas, E guiou-os no deserto como um rebanho.
  53. Conduziu-os em segurança, de modo que não tiveram medo; Mas aos seus inimigos, o mar os submergiu.
  54. Levou-os à sua santa fronteira, A região montanhosa que a sua destra adquirira.
  55. Expulsou as nações de diante deles, E fez que elas lhes caíssem em herança, E que as tribos de Israel habitassem nas tendas delas.
  56. Contudo tentaram e resistiram ao Deus Altíssimo, E não guardaram os seus testemunhos;
  57. Mas voltaram para trás e se houveram traiçoeiramente como seus pais, E desviaram-se como um arco enganoso.
  58. Pois o provocaram à ira com os seus altos, E o incitaram a zelos com as suas imagens de escultura.
  59. Quando Deus ouviu isto, ficou indignado, E sobremaneira abominou a Israel;
  60. De sorte que abandonou o tabernáculo de Siló, A tenda que estabeleceu entre os homens,
  61. Dando ao cativeiro a sua força, E às mãos do adversário a sua glória.
  62. Entregou à espada o seu povo, E rompeu em cólera contra a sua herança.
  63. Aos mancebos deles, devorou-os o fogo, E as suas donzelas, não foram festejadas com canto nupcial.
  64. Os seus sacerdotes caíram à espada, E as suas viúvas não fizeram pranto.
  65. Então o Senhor despertou, como quem acaba de dormir, Como um valente que brada, excitado pelo vinho.
  66. Fez recuar a golpes os seus adversários, Infligiu-lhes eterna ignomínia.
  67. Demais rejeitou a tenda de José, E não escolheu a tribo de Efraim;
  68. Mas elegeu a tribo de Judá, O monte Sião que ele amou.
  69. Edificou o seu santuário como os lugares elevados, Como a terra que para sempre fundou.
  70. Escolheu a Davi, seu servo, E o tirou dos currais das ovelhas:
  71. Tirou-o de andar atrás de ovelhas e suas crias, Para apascentar a Jacó, seu povo, e a Israel, sua herança.
  72. Assim ele os apascentou segundo a integridade do seu coração, E os guiou com a perícia das suas mãos.

<<Anterior  <<                                                                                                                   >>  Próximo >>

Publicidade



Biblia Online Salmos Capítulo 78
Salmos Capítulo 78

Características de:

Salmos Capítulo 78

  • Salmos: em Hebraico significa:"Louvores" que vem da palavra Tehillim, em Grego significa "Cânticos" que vem da palavra Psalmoi.
  • Escrito por: Salmos tem vários autores sendo os principais: Davi, Asafe, Salomão e os descendentes do Corá, isto no período aproximado entre 1440 - 580 a.C.
  • Personagens: Asafe, Davi, Salomão,os descendentes do Corá, Hemã, Etã, Moisés, e o povo de Israel.
  • Local do Acontecimentos: São vários registros de acontecimentos históricos em diversas regiões.
  • Pontos Principais: Salmos foi escrito por autores cheios do espírito santo e com total intimidade com Deus, e isso pode ser expresso através de suas orações e louvores a Deus nos momentos em que eles tiveram de: Fé, Amor, Medo, Ansiedade, Clamores, Busca de Cura Interior, Livramento e demais aspectos relacionados a vida humana.
  • Curiosidade: Segundo estudos realizados no livro dos Salmos é possível destacar que este livro é composto por cinco livros menores que juntos formaram o livro de Salmos (um com 41 capítulo, outro com 31, 17, 17 e 44 respectivamente). Dentre estes livros temos Davi com autor de  73 capítulos, Salomão 2, Asafe 12, Hemã 1, Etã 1, Moisés 1, os descendentes de Corá 9 e os outros 51 capítulos foram escritos por outros autores não identificados que viviam naquela época.

Em breve mais informações de Salmos capítulo 78:

Publicidade